Blogspot
Serviço Social
Perfil do Egresso

O profissional que será formado pelo curso de Serviço Social da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Ipatinga, além de possuir a formação geral (fundamental e profissional), deverá ser capaz de analisar criticamente e agir nas expressões da Questão Social, com inserção criativa e propositiva na dinâmica das relações sociais de produção da sociedade capitalista brasileira. Competente e hábil para a investigação da realidade, para formular, executar, monitorar e avaliar políticas sociais, veicular informações para o usufruto de bens e serviços compreendidos como direitos dos cidadãos e dever do Estado, realizar a gestão de organizações governamentais e não-governamentais, prestar consultoria e assessoria às organizações empresariais, filantrópicas, movimentos sociais, e demais instituições públicas ou privadas, para tanto, estão previstas as seguintes habilidades e competências, conforme previsto nas diretrizes para a formação profissional e na Lei 8.662 de 07 de junho de 1993.

Competências e habilidades gerais:
I.    apreensão crítica dos processos sociais numa perspectiva de totalidade;
II.    análise do movimento histórico da sociedade brasileira, apreendendo as particularidades do desenvolvimento do capitalismo no país;
III.    compreensão do significado social da profissão e de seu desenvolvimento sócio-histórico, nos cenários internacional e nacional, desvelando as possibilidades de ações contidas na realidade enfatizando os aspectos regionais;
IV.    identificação das demandas presentes na sociedade, visando formular respostas profissionais para o enfrentamento da Questão Social, considerando as novas articulações entre o público e o privado.

Competências e habilidades específicas:

I.    formular e executar políticas sociais em órgãos da administração pública, empresas e organizações da sociedade civil;
II.    elaborar, executar e avaliar planos, programas e projetos na área social;
III.    contribuir para viabilizar a participação dos usuários nas decisões institucionais;
IV.    planejar, organizar e administrar benefícios e serviços sociais;
V.    realizar pesquisas que subsidiem formulação de políticas e ações profissionais;
VI.    prestar assessoria e consultoria a órgãos da administração pública, empresas privadas e movimentos sociais em matéria relacionada às políticas sociais e à garantia dos direitos civis, políticos e sociais da coletividade;
VII.    orientar a população na identificação de demandas e necessidades sociais e de fazer uso de recursos no atendimento e na defesa de seus direitos;
VIII.    realizar visitas, perícias técnicas, laudos, informações e pareceres sobre matéria de Serviço Social;
IX.    exercer funções de direção em organizações públicas e privadas na área de Serviço